BLOG

Casa em terreno estreito muda escada para ampliar espaço

  • 28 de novembro de 2012
  • 20h11

Fonte: Terra

A arquiteta Fernanda Neiva, da Galeria Arquitetos Ltda, se deparou com o desafio de reformar uma casa no Brooklin, em São Paulo, num terreno de apenas 5,3 metros de largura – o tamanho de uma picape. Para dar mais espaço e conseguir integrar mais os cômodos, ela optou por retirar a escada transversal de dois níveis, que dividia o térreo em dois, e criar uma escada longitudinal, que acabou com a segregação dos espaços.

No momento em que a escada foi retirada, qual não foi a surpresa dos responsáveis pela obra ao descobrirem que a estrutura da casa era frágil. “O cliente me ligou preocupado: não queria, como ele mesmo disse, gastar um caminhão de dinheiro em um fusquinha”, conta Fernanda. A solução encontrada foi demolir a casa, já que o custo seria quase o mesmo de um reforço na estrutura. Do imóvel original, apenas se manteve a edícula, que passou a abrigar uma suíte no primeiro andar e uma lavanderia no térreo. “Os clientes gostaram tanto do meu projeto que fizemos uma casa nova quase sem nenhuma alteração do que seria a reforma original”, conta a arquiteta. “Só fizemos algumas melhoras que não seriam possíveis na reforma: subimos o nível da casa, aumentamos o pé-direito e fizemos uma abertura para a iluminação da escada.”


O grande segredo para uma casa estreita como esta é a integração dos espaços, avalia Fernanda. “Mesmo que fosse feita só a reforma, a grande diferença dessa casa é a escada que não segrega”, afirma. “Em outras casas no mesmo estilo no bairro, a escada é do tipo transversal e dá uma sensação de que os ambientes são menores”.


A parte térrea, completamente interligada, é a parte social: sala de estar, de jantar e cozinha. Entre a casa e a edícula, há um deck com churrasqueira. Na entrada, um pátio onde é possível colocar o carro (mas, como a rua é sem saída e tranquila, os donos preferem deixá-lo na rua para, que a área fique livre).


No primeiro andar, onde ficam os quartos, foi possível ganhar espaço: antes, havia dois dormitórios e um banheiro, mas com a mudança da escada foi possível criar duas suítes. Além disso, também foi feita uma escada marinheiro que dá acesso ao terraço, que é um solário. Tudo pensado para deixar a casa o mais espaçosa possível.