BLOG

Crédito imobiliário é mais atrativo do que financiamento pessoal

  • 17 de outubro de 2013
  • 13h10

A população brasileira está tirando o pé do acelerador no crédito pessoal, apostando no crédito imobiliário e, consequentemente, na construção de patrimônio. Isso é o que indica levantamento do Banco Central, constatando que o saldo do crédito para compra da casa própria foi de R$ 314 bilhões em agosto deste ano, contra R$ 233 bilhões em agosto de 2012.

Em contrapartida, o crédito pessoal, incluindo operações consignadas em folha de pagamento, direcionado ao consumo, chegou a R$ 311 bilhões em agosto deste ano contra R$ 270 bilhões em igual mês de 2012.

O cenário já era esperado, principalmente pela elevada taxa de crescimento do crédito para a aquisição e construção de imóveis. Além de representar investimento na aquisição de bens, o crédito imobiliário oferece taxas de juros mais atrativas e prazos bem mais longos.

Fonte: Imóvel Class