BLOG

Queda de juros favorece o mercado imobiliário em 2013

  • 26 de fevereiro de 2013
  • 15h02

Segundo consultorias, investir em imóveis garante boa rentabilidade, além de ser um investimento bastante seguro.

O ano de 2013 já mostra aos investidores que o mercado imobiliário está bastante favorável, em virtude de diversos fatores macroeconômicos que tornaram mais atrativa a aplicação em imóveis: juros baixos, o que desestimulou a corrida por aplicações de renda fixa; bolsa de valores instável e mercados mundiais em baixa. Segundo consultorias, investir em imóveis garante boa rentabilidade, além de ser um investimento bastante seguro.

Verifica-se que o imóvel possui valorização maior que as aplicações financeiras e traz retorno acima da inflação. Análises de comportamento de mercado mostram que o risco de uma brusca desvalorização do imóvel é muito pequeno se comparado às possibilidades de ganho com esse investimento.A recente queda da taxa de juros, por parte dos bancos, para o financiamento de imóveis, alguns inclusive para os de maior valor, torna o mercado imobiliário ainda mais dinâmico e rentável.

“Para os próximos anos, com a permanência da queda da Selic, a tendência é que os investimentos no setor imobiliário aumentem. O acesso mais fácil aos planos de crédito imobiliários e taxas reduzidas amplia também o perfil do brasileiro investidor, bem como as classes investidoras: se tínhamos a classe A como principal faixa investidora, hoje percebemos a crescente participação das classes B e C no setor”, afirma Ernani Assis, membro do Conselho Consultivo da RE/MAX Brasil.

Segundo Assis, Os imóveis usados, por sua vez, têm preço mais atrativo, mas podem necessitar de reforma, o que amplia ainda mais o tempo de retorno do investimento. Deve-se analisar se compensa financeiramente realizar intervenções em um apartamento usado ou se um novo, que tem preço maior e não precisa de reformas, é mais vantajoso.

Fonte: Panorama Brasil